A Vanity Fair, a famosa revista norte-americana, quis reforçar a sua presença em Itália. Por ser uma publicação que aborda temas de atualidade, moda, celebridades e lifestyle, iniciou a sua campanha  por Milão, uma das capitais mundiais da moda. Nesta cidade, a Vanity Fair encontrava um público interessado na revista.

Os objetivos eram claros: aumentar o brand awareness, as subscrições da revista e relançar as vendas nos quiosques e papelarias de zonas previamente escolhidas. E para cumprir os seus objetivos, a revista quis experimentar uma estratégia que não passasse exclusivamente pelos canais tradicionais de publicidade.

Com a ajuda preciosa do Geomarketing, foram selecionadas algumas zonas da cidade onde habitassem mulheres entre os 25 e os 45 anos, interessadas em moda. Era deixado nas portas das suas casas um shopping bag com um exemplar da revista e um folheto a incentivar a subscrição da Vanity Fair.

A campanha quis impactar, utilizando um forte conceito visual e proporcionar uma agradável surpresa às moradoras que chegavam a casa. Permitiu que as potenciais consumidoras pudessem “experimentar” e folhear a revista na comodidade do seu sofá.

Os resultados foram expressivos:

– Os quiosques das zonas selecionadas sentiram um aumento na procura da revista

– As subscrições aumentaram no período a seguir à campanha

– A campanha foi aplicada noutras cidades de Itália e foi premiada no país

Com esta ação, a revista Vanity Fair prova que a distribuição em conjunto de sampling + folheto, não endereçado, tem resultados extremamente eficazes.

É utilizado em consumer goods, mas funciona também com a Imprensa. Com o Geomarketing é também possível targetizar e trabalhar zonas com determinado target, mesmo não endereçado.

 

Quer realizar uma campanha de distribuição de publicidade e utilizar as ferramentas de Geomarketing? Conheça os nossos serviços e peça-nos um orçamento.