As campanhas de email com recurso a triggered emails recebem uma taxa de interação mais significativa do que aquelas que contém outros tipos de mensagem, ainda assim, não são muito utilizadas pelas marcas. A conclusão é de um relatório levado a cabo pelo servidor de email Yesmail, em 2015. Este relatório foi baseado em dados de 24 mil milhões de emails enviados, em 2015, pelos utilizadores do Yesmail.

Email marketing: o que são triggered emails?

Os triggered emails são, como o nome indica, emails desencadeados por ações específicas. São mensagens enviadas pelas marcas com base em ações tomadas pelo utilizador como, por exemplo, subscrições, abandono do carrinho, compras, etc, ou eventos (meteorologia, localização, aniversário, etc).

Os triggered emails atingem taxas de abertura e de cliques mais altas em comparação com emails BAU (Business as usual) e correspondem a apenas 2.3% das mensagens analisadas pelos pesquisadores. Ainda assim, foram responsáveis por 4.4% de todas as aberturas, 9% de todos os cliques e, por fim, 9.7% de toda a receita.

Dentro deste tipo de mensagem de email marketing, os emails mais populares são os welcome emails que já estão implementados por 72.2% das marcas incluídas no estudo. Seguem-se as reativações (31.6%) e os emails de abandono de carrinho utilizados já por 21.4%. E você? Já beneficia das vantagens dos triggered emails? Fale connosco e descubra como implementar uma estratégia de email marketing adequada.

Fonte: Marketing Profs