Sobre Nós

Transformar problemas em soluções – eis a máxima Mediapost. Atualmente os consumidores são expostos a múltiplas abordagens de comunicação.

Na Mediapost consideramos que é fundamental, na comunicação, construir uma relação duradoura com o cliente e, por isso, desenvolvemos uma estratégia de acompanhamento única.
Contacte-nos

Sustentabilidade & Responsabilidade Social

ecologic

A Mediapost está convicta de que a responsabilidade social é uma alavanca para a inovação e a criação de valor. Naturalmente, o desenvolvimento responsável está no centro do nosso negócio, da nossa estratégia para satisfazer os nossos clientes a longo prazo.

De um modo mais geral, a Mediapost responde aos desafios económicos, aspetos sociais e ambientais da empresa. É por isso, que em 2017, decidimos destacar a nossa contribuição para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pelas Nações Unidas.

Neste sentido beneficiamos de um Programa de Compensação de Carbono, iniciado pelo Grupo LaPoste. Desde 2012, a Mediapost assumiu o compromisso de ser um parceiro responsável através da neutralização de carbono, reduzindo as emissões de CO2 geradas pelas suas ofertas físicas e digitais.

Este projeto visa a neutralização de carbono baseada em 4 pilares:
– Prevenção dos gases de efeito de estufa;
– Medição dos gases de efeito de estufa;
– Redução dos gases de efeito de estufa;
– Compensação dos gases de efeito de estufa.

O Grupo LaPoste integra 5 programas internacionais, entre eles:

Lifestraw:
No Quénia, este programa trata de instalar filtros de água nas casas das famílias no noroeste do país. Este projeto fornece acesso a água potável segura para quase 90% da população da região, ou seja, 4,5 milhões de pessoas.  “LifeStraw” é o primeiro programa de compensação de carbono do mundo com filtros de água.

Madre de Dios:
No Perú, a menos de 50km de uma das maiores reservas de biodiversidade do mundo está o programa Madre Dios que tem como principal objetivo evitar a desflorestação e preservar a vida selvagem (de espécies como jaguar, puma, etc) junto das populações locais.

Kasigau:
No coração de duas das maiores reservas naturais do Quénia, este programa contribui para a proteção da fauna e da flora que sofrem as consequências da produção ilegal de carvão, da fertilização e da caça furtiva. Este programa promove ainda o desenvolvimento económico (atividades têxteis artesanais) e a criação de empresas sustentáveis através do seu microfinanciamento.

New Lao Stove:
No cambodja, o uso de carvão pelos locais é uma fonte de desflorestação. Este programa tem como objetivo promover a distribuição e utilização de fornos melhorados. Sendo fabricados no país, estes fornos geram poupanças de madeira e carvão que contribuem para as emissões de gases com efeito de estufa. Reduzem igualmente a pressão sobre a biodiversidade e apoiam os artesãos, distribuidores e vendedores.

Asian Biogas:
No Vietname, permite-se a construção de biodigestores domésticos para recuperar metano da fermentação de excrementos de animais. Ligados diretamente às cozinhas, esses biodigestores fornecem um combustível menos emissor do que o carvão, também ele uma fonte de desmatamento. Este programa contribui para a preservação da biodiversidade ao mesmo tempo que garante o acesso a energia limpa e grátis para as comunidades locais.

Sustentabilidade

A Mediapost investe ainda no fundo de carbono “Live-lihoods”, criado em 2011 por iniciativa da Danone este fundo apoia e organiza projetos que beneficiam as pessoas desfavorecidas enquanto participa na preservação do planeta. Projetos como “Sun-darbans” na Índia ou “Sumatra” na Indonésia permitiram a plantação de milhões de árvores para proteger as cidades da subida das águas (ciclones, tsunamis, etc) e, na verdade, melhoram também a segurança alimentar dos seus habitantes.

Por outro lado, a Mediapost Portugal, nos últimos 3 anos, tem contribuído para projetos locais de solidariedade cujas verbas vêm de receitas de reciclagem efetuada em entidades competentes e certificadas.

A Mediapost está convencida de que o respeito pelos indivíduos e pelos recursos naturais será a única forma de servir bem os seus clientes a longo prazo.
Desta forma a nossa política de responsabilidade social está estruturada em torno de vários compromissos que se traduzem em ações concretas:

– Promover o uso responsável de p3apel e correio publicitário;
– Ser exemplares na concepção ecológica dos nossos próprios documentos;
– Aplicar os critérios de responsabilidade às nossas compras internas;
– Contribuir para impressões eficientes e responsáveis;
– Propor ofertas eficazes e responsáveis;
– Desenvolver a segmentação para otimizar campanhas;
– Garantir a gestão ética de dados;
– Cumprir o Stop Publicidade;
– Conceber campanhas de comunicação responsáveis;
– Desenvolver a qualidade de emprego e horas anuais de formação dos nossos colaboradores;
– Profissionalizar o negócio do distribuidor e criar emprego local;
– Desenvolver o reconhecimento no trabalho;
– Promover o bem-estar e segurança dos nossos colaboradores;
– Garantir a igualdade de oportunidades e a diversidade;
– Preservar a utilização de recursos e o meio ambiente;
– Utilização de energia renovável;
– Triagem, recolha e reciclagem dos nossos resíduos;
– Com estas ações concretas, a Mediapost está empenhada no desenvolvimento responsável ao serviço da eficácia publicitária.